Arquivo de abril, 2010

Já recebi diversos emeios de amigos com livros legais digitalizados.

Bem, vale dizer aqui que me preocupa a questão autoral, por isso não compro CDs ou DVDs piratas. Sem entrar na questão da ilegalidade comercial.
E por razões semelhantes não divulgo livros digitais.

Vamos nos colocar no lugar de um escritor:
Perdemos meses pesquisando e escrevendo um livro, aí conseguimos uma grana para editá-lo, que será reembolsada assim que vendermos os exemplares e, se vendermos um número acima daquele necessário para cobrir todos os custos de projeto gráfico e impressão (não estou contando o trabalho do autor), começaremos a ter algum retorno que nada mais é do que um pagamento pelo nosso trabalho.
Mas consideremos que alguém digitalize o livro e o espalhe para todos os possíveis compradores, gratuitamente. Bem… o fim da história é óbvio.

Não é uma crítica a nenhum dos amigos em particular, é uma crítica a todos, por favor reflitam.

Agora, distribuo um livro digital nos seguintes casos:
1- quando o autor distribui o seu livro digitalmente e gratuitamente (talvez com um copyleft)
2- se a obra estiver esgotada e não for mais reeditada.
Aconteceu comigo, precisei de um livro que só minha professora do mestrado tinha, não achei em livraria alguma nem em sebos, aí entrei em contato com a editora, descobri que não seria reeditado, então entrei em contato com o autor, e ele me ofereceu o seu exemplar para xerocar.
Então, se alguém receber um livro digiatal e gostar, que busque adquiri-lo em uma livraria.
Se não achar, entre em contato com o autor, aí se ele permitir, use a versão digital.
Abraços!!!
Nelson Smythe Jr.

ideias para gaia é a parceria da sustentopia e o estudio de design Aurus > http://www.aurus.art.br